Diário da Vida

O Diário da Vida

        A minha vida começou quando me tornei homem, tive pena por ter deixado muitas coisas para trás: divertimentos, colegas e muito mais.

        Mas também a minha adolescência trouxe-me várias opções de vida e a forma de escolher entre o bem e o mal.

        Mas eu escolhi o bem. Será que se eu tivesse escolhido o mal poderia sentir-me melhor?

        Mas sinto-me bem pela minha escolha, embora a minha vida escolar se divida em dois: por um lado, são as pessoas que me costumo relacionar como os professores e funcionários e  do  outro lado estão os alunos que não cresceram.

        Será que eu sem ter um sonho ou desejo, sem ter amor conseguirei ver qual é o meu caminho no que sou bom a fazer? Sei que descobrindo aos poucos, talvez com esforço lá chegue, mas por enquanto devo pensar no meu presente e construir um futuro belo.

        Não sei o que devo fazer neste momento, mas acredito que vou conseguir construir o meu futuro.

OBS: Há pessoas que não pensam na vida, nem no seu futuro, mas devem pensar sempre no vosso futuro.        

Realizado Por: João Francelino Nº 11 8º6ª

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s