O Dia do Holocausto

Faz hoje 65 anos que se comemora o Dia do Holocausto, no qual o Exército Vermelho encerrou o campo de concentração de Auschwitz.

A palavra Holocausto, que significa uma oferenda sacrificial completamente (holos) queimada (kaustos), designa a tentativa de extermínio de grupos de pessoas consideradas “inconvenientes e indesejadas” pelos Nazistas alemães.

Auscwitz foi um dos maiores campos de concentração nazi, no qual morreram pelo menos um milhão de pessoas nas suas câmaras de gás e nos seus crematórios. No auge do Holocausto, em 1944, eram assassinadas seis mil pessoas por dia, entre as quais judeus, ciganos, pessoas com deficiências e outros tantos grupos perseguidos pelos nazistas.

Na tarde do dia 27 de Janeiro de 1945, as tropas soviéticas chegaram a Auscwitz, e após a forte resistência dos soldados alemães, cujos confrontos causaram cerca de 231 mortos, foram libertados oito mil prisioneiros do campo de concentração.

Anita Lasker, umas das sobreviventes, contou que quando chegou ao campo de concentração, um médico e um comandante questionavam a idade e o estado de saúde dos prisioneiros que iam chegando, e que consoante o que as pessoas respondessem, eram encaminhadas para a esquerda ou para a direita, ou seja, para os aposentos ou logo para o crematório. As pessoas que por acaso alegavam possuir algum problema de saúde estavam, na realidade, “a assinar sua sentença de morte”.

Janete e Zenaida 5º6ª

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s