CÁLCIO

Apesar do corpo humano armazenar mais cálcio do que qualquer outro mineral, a maioria dos adultos consome apenas metade da dose diária necessária.

 Um copo de leite por dia fornece um terço da dose diária recomendada de cálcio.

O que é?

O cálcio é essencial para manter a saúde integral do corpo, para os ossos e dentes fortes e para garantir o normal funcionamento dos músculos e dos nervos. Na verdade, é um nutriente de tal forma importante que representa, em média, cerca de 2% do peso de um adulto.

O que faz?

A maior parte do cácio existe no corpo e está armazenado nos ossos e nos dentes e é o que lhes dá força e estrutura. A pequena quantidade que circula na corrente sanguínea ajuda a transportar os nutrientes pelas membranas das células e desempenha um papel importante na produção das harmonas e enzimas que regulam a digestão e o metabolismo. O cálcio é também fundamental para a contínua comunicação entre as terminações nervosoas, para a coagulação do sangue, para a regeneração dos tecidos e para a contracção dos músculos. Para que este mineral, absolutamente vital, esteja sempre disponível no sangue, o nosso corpo vai muitas vezes tirá-lo aos ossos, podendo deixá-los frágeis.

Precisarei de um suplemento?

É melhor que o cálcio seja ingerido a partir dos alimentos do que através de suplementos. O queijo e o iogurte são produtos que devemos consumir diariamente e que são excelentes fontes de cácio, da mesma forma que os vegetais de folha verde, como os brócolos, o tofu e outros produtos de soja, o peixe e os cereais de pequeno-almoço. E beba leite: um copo de 250 ml de leite contém cerca de um terço da dose diária recomendada de cálcio. E como este não consegue ser absorvido pelo organismo sem o auxílio da vitamina D, devemo-nos expor, diariamente, à luz do Sol.

De quanto preciso?

A quantidade de cálcio de que cada pessoa necessita varia consoante as etapas da vida. Por exemplo, a dose diária recomendada para um adulto é de 1000 mg e para um adolescente é de 1300 mg.

Posso ingerir demasiado?

Um consumo tão elevado quanto o de 2500 mg através de uma combinação de alimentos e suplementos é, aparentemente, inócuo. No entanto, há que ter em atenção que um excessivo aporte de cálcio ao organismo (reforçado, por exemplo, por suplementos) pode prejudicar a absorção de zinco, ferro e magnésio.

O que acontece se consumir menos do que necessário?

Se tiver diariamente uma dieta pobre em cálcio, o corpo acabará por ir buscá-lo aos ossos, fazendo que possa desenvolver osteoporose, uma doença que torna o esqueleto fraco e quebradiço. Baixos níveis de cálcio na corrente sanguínea também podem resultar em espasmos musculares.

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s