Reportagem sobre a indisciplina

Este slideshow necessita de JavaScript.

Os jornalistas da Escola Padre Alberto Neto fizeram uma entrevista a alguns alunos e a algumas auxiliares, agora assistentes operacionais, sobre a forma como os alunos convivem na escola. Deixamos aqui alguns contributos.

D. Mila:

” A indisciplina é bastante, os alunos deveriam respeitar e aproveitar os poucos espaços que têm para brincar”.

D. Paula:

“Eu tenho a mesma opinião e acho que alguns alunos deviam melhorar o comportamento”.

Os alunos também têm uma palavra a dizer. Perguntamos a uma das alunas da escola Padre Alberto Neto o que é a a disciplina e a indisciplina. Na sua opinião, “A  disciplina é quando os alunos e professores se respeitam uns aos outros, a indisciplina é quando os alunos e professores não se respeitam”. Para outra aluna, a indisciplina é faltar ao respeito ao próximo.  Sobre as situações que levam à indisciplina alguns alunos indicaram que por vezes têm vontade de se “portar mal” quando estão aborrecidos, cansados ou quando são distraídos e desafiados por outros alunos. Relativamente à pergunta sobre o que é, afinal, “portar-se mal” poucos alunos referiram o incumprimento do Regulamento Interno da Escola. Os nossos colegas entrevistados disseram que conhecem o documento mas depois, na prática, acabam por se esquecer dos  deveres dos alunos.

Demos um passeio pela escola e fomos procurar os lugares mais problemáticos por serem escondidos e pouco frequentados. São estes os pontos da escola onde há mais probabilidades de ocorrerem assaltos ou atos de intimidação, uma palavra portuguesa para “bullying”. Deixamos acima as imagens.

Os nossos colegas entrevistados não quiseram falar de situações concretas de intimação, mesmo sob anonimato. Referiram apenas que conhecem várias situações e que de alguma forma já foram alvo delas.

Lembramos que a  escola tem neste momento falta de funcionários. Só temos um vigilante que agora também faz serviço na portaria, à tarde. Claro que ele não consegue estar em toda a parte, ainda por cima existe uma grande distância entre o pavilhão E e os outros pavilhões. Este pavilhão fica mesmo junto à mata e o portão é fácil de transpor. Só lá temos uma funcionária, a D. Fernanda, que nos recebe na sua salinha quando está frio ou chove.  Achamos que a indisciplina e a insegurança podem estar relacionadas.

Clube de Jornalismo

Arménia Nicolau – 7º ano

Graciosa Nº 11 – 7º ano

João  Vitor  Nº 16 – 7º ano

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s