Exposição de Símbolos Culturais

This gallery contains 48 photos.

Os alunos de Inglês,Francês,Espanhol realizaram objectos alguns em três dimensões  para representar os símbolos culturais das línguas faladas nestes países e em outros. O resultado é uma exposição multicultural de que aqui deixamos em imagens. Símbolos Culturais Ingleses   Símbolos Culturais Franceses   Símbolos Culturais Símbolos Anúncios

Cabazes de generosidade

Neste Natal, as turmas organizaram-se para angariar alimentos e outros artigos com os quais confecionaram cabazes para ofertar às famílias mais necessitadas da escola. As ofertas foram acompanhadas de palavras e desenhos que tornam mais colorido o Natal de quem do Natal não tem mais do que os gestos e o amor.

 Clube de Jornalismo

João 7º E

 

Escola Aberta – uma alternativa para os tempos livres

IMG_7079

Nas férias grandes, os alunos da nossa escola podem contar com uma escola mais descontraída, mais divertida, onde também se aprende a estar e a aprender. É a Escola Aberta, que ocupa os tempos livres dos alunos inscritos com atividades várias, ateliers rotativos que os grupos de alunos frequentam de quarenta e cinco em quarenta e cinco minutos.

Os alunos aprendem a jogar Courf Ball, Tennis de Mesa, Bola ao Cesto, aprendem Danças ao sabor das músicas do mundo e desenvolvem a criatividade na área do Português e das Ciências. Trata-se de uma iniciativa que envolve a Equipa de Ação Social da escola e vários professores voluntários.

A jogar e  a brincar também se aprende.

 

 

Fotos e frases da atividade: “Sentir a Pintura”

IMG_7085

 Neste quadro está uma cara colada a uma cidade e está chuva. Esta cidade parece ser na Índia e representa a paz e o sonho da vida. Esta cara representa o mundo e no final há uma queda de lágrimas de chuva.

Diogo Chibante

IMG_7083

Neste quadro, vejo descanso, na região do corpo e vejo uma população em suspensão  onde posso imaginar e pensar e onde posso lavar as meias sujas do meu irmão.Ao centro vejo uma janela que pode dar para outra dimensão.

Vítor Palma

 

IMG_7084

 

 

Eu vejo um campo agrícola e um rio circular. As cores são lindas como uma rosa charmosa. Vejo uma praia mas só falta uma raia. Animação, sim, há por todo o lado e então, apetece-me ficar calado.

Bruno Gonçalves

Fotos e frases da atividade “As diferenças que me assustam”

IMG_7106

 

A mim assustam-me as pessoas que se assustam comigo.

Bruno Gonçalves

 

 Assusta-me o racismo. Assustam-me todos os comportamentos agressivos.

Diogo Chibante

 

 Assustam-me as pessoas que se assustam com a diferença.

Bruno Gonçalves


 

 

 

 

 

Festa Multicultural dos Cursos Noturnos

 

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

No passado dia 12 de Junho, as turmas do ensino noturnos realizaram uma exposição com objetos identificativos das suas culturas, das suas tradições e modo de vida. Juntou-se a tradição portuguesa, toalhas, bordados, fado, instrumentos musicais, ícones do futebol a panos étnicos, estatuetas, jogos, instrumentos musicais, artefactos domésticos de países como Cabo Verde, Guiné-Bissau, Angola, Moçambique  e Guiné Conacri, entre outros.

Em exposição encontravam-se também diversos pratos tradicionais portugueses e dos restantes países, devidamente identificados, confecionados por formandos e formadores.

Participaram no evento o Diretor do Agrupamento e o Presidente do Conselho Geral bem como diversos elementos da comunidade educativas, incluindo os auxiliares educativos e pessoal administrativo.

A confraternização demonstrou que a escola à noite constitui uma grande família, unida pelos laços da aprendizagem e da vontade de  ir mais longe, quando se começou já tarde.

Turmas do noturno visitam o Parque e o Palácio de Sintra

O dia 8 de junho foi um dia memorável. As turmas do ensino noturno (B1, B2, B3 e PPT) realizaram uma visita de estudo ao Parque e ao Palácio da Pena, com almoço em plena serra, na celebre mesa da Rainha. A visita guiada, inserida no currículo das diversas áreas disciplinares, possibilitou aos formandos uma viagem única que contribui para o seu percurso formativo com conhecimentos sobre a flora de Sintra, a paisagem humana e social, a  história e a gastronomia. Para além disso, registe-se o convívio, a caminhada a pé, a troca de impressões, a visão de alunos diferentes, de origens e nacionalidades diferentes, sobre este espaço, emblemático do conselho de Sintra.

 

Cole este link no seu browser e assista à reportagem:

https://drive.google.com/file/d/0B3BOcNx_HwbUM25HMmdtby1SNzg/edit?usp=sharing

Visita de estudo ao Palácio da Pena

 

No dia 8 de junho de 2014, pelas nove horas e trinta minutos, os alunos das turmas EFA e PPT e os seus professores encontram-se na Estação de Sintra, para dar início à  visita de estudo ao Palácio e Parque da Pena. Subiu-se a pé pela serra que é considerada, desde 1995, património da Humanidade.

Pelas 11:30 entraram no parque e observaram e admiraram o jardim da rainha D. Amélia a espécie de árvores que mais cresce, a sequóia sempervirens. Os colegas que tinham as suas máquinas fotográficas iam fotografando tudo.

Do miradouro viram a magnífica paisagem circundante. Dentro do Palácio, foi a sala Nobre, a sala de Jantar com móveis e porcelanas lindíssimas e os aposentos do Rei que mais os impressionou. Foi-lhes explicada a razão da cama ter dimensões reduzidas: o Rei dormia meio sentado, meio deitado. Os aposentos da Rainha eram compostos de quarto de dormir, de vestir e de ler. A cozinha, de grande dimensão, ostentava todos os utensílios em cobre. A capela era lindíssima com o altar ornamentado por peças de ourivesaria do século XVIII.

Por volta das 13:30 todo o grupo se dirigiu para a mesa da Rainha, para o apetecido almoço.

Depois do almoço, o grupo prosseguiu a sua visita pelo parque que foi plantado por D. Fernando II para ter uma naturalidade quase perfeita.

No final do dia, a caminhada fez-se no sentido inverso. Regressaram a casa cansados mas encantados.

 

 Texto dos alunos da Turma B3B

A nossa hortinha biológica

 

No âmbito do projeto Eco-Escolas este ano letivo começámos a fazer uma hortinha biológica. Nas férias do Natal a terra foi cavada e preparada pelo senhor Luís (assistente operacional) e no início de 2º período, o professor Henrique com os seus alunos fez uma cerca em torno da horta.

 

foto0128

Quando a primavera começou a aproximar-se e a chuva diminuiu, chegou a nossa vez de trabalhar. Cultivámos alfaces, cebolo, beterraba, couves de Bruxelas, tomateiros, girassóis e feijão. Apesar de a horta ser pequenina ainda houve espaço para as ervas aromáticas, tais como: salsa, rosmaninho, coentros e o hortelã oferecido pela assistente operacional Sofia.

IMG_2650

Para que tenhamos alimentos biológicos, durante o cultivo, em vez de adubos químicos, foi utilizado estrume de cavalo, que até nem tinha mau cheiro. E para que os pardais, melros e outros pássaros, não procurem refeição na nossa hortinha, estamos a construir um espantalho fazendo a reutilização de materiais. Em breve, com a ajuda das regas da Dona Antónia, estaremos a colher alimentos muito saudáveis e bonitas flores de girassol.

Os alunos do eco-escolas
12/05/2014