Receita de Pão de Deus

Pão de Deus
Felicia Sampaio
Editora Culinária do Roteiro Gastronómico de Portugal

Ingredientes:
Para a massa:

  • 500 grs de farinha
  • 150 grs de açúcar
  • 2 ovos
  • 30 grs de fermento de padeiro
  • 100 grs de manteiga
  • 1 dl de leite morno
  • raspa e sumo de 1/2 laranja

Para cobrir:

  • 1 ovo
  • 80 grs de coco ralado
  • 2 colheres de sopa de açúcar
  • açúcar em pó q.b.

Confecção:

Coloque a farinha sobre a mesa e faça uma cova no centro.
Ponha na cova o fermento e amasse com o leite morno e farinha (pouca), faça uma bola e deixe levedar.
Retire a bola de fermento do centro da farinha, e deite a manteiga o açúcar e a raspa e sumo da laranja, amasse tudo à mão muito bem.
Adicione os ovos um a um , amassando sempre e por fim o fermento envolvendo bem e amasse, batendo, cortando a massa até ficar elástica.
Vá polvilhando com farinha necessária até a massa descolar da mesa.
Esta massa deve ficar macia e mole, tal como a massa do pão.
Põe-se a massa num alguidar, tapa-se com um pano e deixa-se levedar em local temperado até duplicar de volume.
Depois de levedada a massa, ponha novamente na mesa polvilhe com farinha dê o feitio de uma bola ou várias bolas, coloque num tabuleiro bem untado com margarina e polvilhado com farinha.
Deixe levedar novamente até duplicar de volume.
Depois de duplicar, pincele ao de leve com gema de ovo e com jeito e cuidado para que a massa lêveda não baixe ponha a massa de coco que entretanto preparou: misturando o coco ralado com o açúcar e a clara de ovo e mexa até formar uma papa.
Leve a cozer em forno médio durante 35 minutos.
Convém verificar com um palito se está cozido.
Retire do forno, e do tabuleiro, e polvilhe com açúcar em pó.

http://www.gastronomias.com/doces/doce0475.htm

 

Anúncios

Pão por Deus

Trabalho realizado por: Juliana Lima

Ano: 7º Turma: 7ª

Em Portugal, no dia de Todos-os-Santos , 1º de novembro as crianças saem à rua e juntam-se em pequenos bandos para pedir o pão-por-deus de porta em porta. As crianças quando pedem o pão-por-deus recitam versos e recebem como oferenda: pão, broas, bolos, romãs e frutos secos, nozes, amêndoas,ou castanhas que colocam dentro dos seus sacos de pano, de retalhos ou de borlas. É também costume em algumas regiões os padrinhos oferecerem um bolo, o Santoro. Em algumas povoações chama-se a este dia o ‘Dia dos Bolinhos’. São vários os versos para pedir o pão por deus:

Quando os donos da casa dão alguma coisa:

“Esta casa cheira a broa
Aqui mora gente boa.
Esta casa cheira a vinho
Aqui mora algum santinho.”

Quando os donos da casa não dão nada:

“Esta casa cheira a alho
Aqui mora um espantalho
Esta casa cheira a unto
Aqui mora algum defunto.”

Com o passar do Tempo, o Pão-por-Deus sofreu algumas alterações, os meninos que batem de porta em porta podem receber dinheiro, rebuçados ou chocolates. Esta actividade é principalmente realizada nos arredores de Lisboa, relembrando o que aconteceu no dia 1 de Novembro de 1755, quando o terramoto de Lisboa, em que as pessoas que viram todos os seus bens serem destruidos na catástrofe, tiveram que pedir “pão-por-deus” nas localidades que não tinham sofrido danos.

A festa do Dia de Todos-os-Santos é celebrada em honra de todos os santos e mártires, conhecidos ou não.

Aprendi muito mais coisas sobre o pão por deus com este trabalho, gostei muito de o fazer e espero que vocês também o tenham gostado.

http://www.rosanevolpatto.trd.br/paopordeus.html

http://pt.wikipedia.org/wiki/P%C3%A3o-por-Deus

http://www.milouskablog.com/2008/11/comemoracoes-e-tradicoes-dia-de-todos.html

Pão-Por-Deus

      Em Portugal, no dia de Todos-os-Santos, 1 de Novembro as crianças saem à rua e juntam-se em pequenos grupos para pedir, de porta em porta, o pão-por-Deus. As crianças quando pedem o pão-por-Deus recitam versos e recebem ofertas, tais como: pão, broa, bolos, romãs e frutos secos (nozes ou amêndoas) que colocam dentro dos seus sacos de pano ou de retalhos. É também costume em algumas regiões, os padrinhos oferecerem um bolo aos seus afilhados, o Santoro. Em algumas povoações chama-se a este dia o “Dia dos Bolinhos”. São vários os versos para pedir o pão-por-Deus:            “Pão, pão-por-Deus

                                  à mangarola

                                  encham-me o saco

                                  e vou-me embora”

                                                                                                     Daniela Silva, 5º9ª, LP