Violência Doméstica

A violência doméstica é um problema a nível mundial. Normalmente são homens que batem nas mulheres e nos filhos.
Existem vários tipos de violência doméstica:
-Violência física:
Uso da força (murros, bofetadas, agressões) e uso de objectos para ferir ou líquidos quentes para fazer queimaduras.
-Violência psicológica:
Caracterizada por rejeição, discriminação, humilhação, desrespeito, etc.
-Violência verbal:
Palavrões.

O que deve fazer se for vítima de violência doméstica?
Mesmo não tendo sinais de agressão dirija-se ao hospital local.
Deve apresentar queixa à polícia, de imediato.

Martim Machado
6º 5ª

Violência Doméstica

A violência doméstica é um crime praticado, normalmente, em família, entre casais. A vítima costuma ser, habitualmente, a mulher, apesar de também haver casos de vítimas masculinas. Por regra, são casos em que o homem ameaça e bate na mulher, sem nenhum motivo. Em casos extremos, acaba por matá-la. Só nos últimos quinze dias, houve seis casos de mulheres mortas pelos seus maridos, ex-maridos, namorados ou ex-namorados. São conhecidos como os “crimes de amor”. Que nome estranho!
Antigamente, quando os homens agrediam as mulheres, era considerado normal e até há um ditado que diz: ”entre o homem e a mulher não metas a colher”. Mas, entretanto, a consciência das pessoas mudou e a violência doméstica passou a ser considerado um crime público, ou seja, qualquer pessoa pode denunciar os agressores à polícia. Descobriu-se, assim, a enorme dimensão de um drama que atinge muitas famílias portuguesas e que, por vergonha, tradição e, também, por causa dos filhos, as mulheres costumam esconder.
Como dantes as mulheres não trabalhavam e dependiam do dinheiro dos maridos para comprar comida, roupa e tudo o mais, tinham medo de que eles fossem presos e de ficarem sem forma de sobreviver e de criar os filhos. Mas, como hoje em dia a maioria das mulheres tem um emprego, já denunciam estes casos, que não têm parado de aumentar. A polícia teve de criar especialistas para investigar estes crimes e o governo teve de mudar a lei.
Apesar de agora as penas serem maiores (entre três a cinco anos de prisão, em caso de agressão e quinze ou mais, em caso de morte) continuam a morrer, anualmente, em Portugal, uma média de quarenta mulheres. E há, por ano, mais de cem mil queixas. São investigados oito mil e quinhentos casos, mais do que casos por infracções ao volante.

A VIOLÊNCIA DOMÉSTICA É UM CRIME. DENUNCIA-A À POLÍCIA!

Carolina Galvão N.º 5
ANO-6º TURMA-5ª

Violência doméstica

A violência doméstica é mais praticada contra mulheres e crianças. Em geral, os homens que batem nas mulheres fazem-no entre quatro paredes, para que não sejam vistos por parentes, amigos e colegas de trabalho.

A maioria dos casos de violência doméstica acontece nas classes financeiras mais baixas. As classes média e alta também têm casos, mas as mulheres denunciam menos por vergonha e medo de se exporem.

A violência pode também ser praticada contra um homem. O homem também tende a esconder por vergonha. Pode ter como agente da agressão a própria mulher ou parentes.

Andreia
6º 5ª