“Nutrir para Aprender”

No passado dia 14 de Outubro de 2010, pelas 18:45h, realizou-se um Encontro no refeitório da EB1/JI Rio de Mouro n.º 2, com o objectivo de debater questões associadas ao Dia Mundial da Alimentação e apresentar os resultados do trabalho de investigação realizado no âmbito do projecto “Nutrir para Aprender”. Estiveram presentes a Nutricionista da Educa, Dra. Raquel Ferreira, a Educadora Social do nosso Agrupamento, a Coordenadora do Projecto TEIP, assim como outros convidados e Encarregados de Educação que contribuíram para um debate mais aprofundado e esclarecedor.

Anúncios

CÁLCIO

Apesar do corpo humano armazenar mais cálcio do que qualquer outro mineral, a maioria dos adultos consome apenas metade da dose diária necessária.

 Um copo de leite por dia fornece um terço da dose diária recomendada de cálcio.

O que é?

O cálcio é essencial para manter a saúde integral do corpo, para os ossos e dentes fortes e para garantir o normal funcionamento dos músculos e dos nervos. Na verdade, é um nutriente de tal forma importante que representa, em média, cerca de 2% do peso de um adulto.

O que faz?

A maior parte do cácio existe no corpo e está armazenado nos ossos e nos dentes e é o que lhes dá força e estrutura. A pequena quantidade que circula na corrente sanguínea ajuda a transportar os nutrientes pelas membranas das células e desempenha um papel importante na produção das harmonas e enzimas que regulam a digestão e o metabolismo. O cálcio é também fundamental para a contínua comunicação entre as terminações nervosoas, para a coagulação do sangue, para a regeneração dos tecidos e para a contracção dos músculos. Para que este mineral, absolutamente vital, esteja sempre disponível no sangue, o nosso corpo vai muitas vezes tirá-lo aos ossos, podendo deixá-los frágeis.

Precisarei de um suplemento?

É melhor que o cálcio seja ingerido a partir dos alimentos do que através de suplementos. O queijo e o iogurte são produtos que devemos consumir diariamente e que são excelentes fontes de cácio, da mesma forma que os vegetais de folha verde, como os brócolos, o tofu e outros produtos de soja, o peixe e os cereais de pequeno-almoço. E beba leite: um copo de 250 ml de leite contém cerca de um terço da dose diária recomendada de cálcio. E como este não consegue ser absorvido pelo organismo sem o auxílio da vitamina D, devemo-nos expor, diariamente, à luz do Sol.

De quanto preciso?

A quantidade de cálcio de que cada pessoa necessita varia consoante as etapas da vida. Por exemplo, a dose diária recomendada para um adulto é de 1000 mg e para um adolescente é de 1300 mg.

Posso ingerir demasiado?

Um consumo tão elevado quanto o de 2500 mg através de uma combinação de alimentos e suplementos é, aparentemente, inócuo. No entanto, há que ter em atenção que um excessivo aporte de cálcio ao organismo (reforçado, por exemplo, por suplementos) pode prejudicar a absorção de zinco, ferro e magnésio.

O que acontece se consumir menos do que necessário?

Se tiver diariamente uma dieta pobre em cálcio, o corpo acabará por ir buscá-lo aos ossos, fazendo que possa desenvolver osteoporose, uma doença que torna o esqueleto fraco e quebradiço. Baixos níveis de cálcio na corrente sanguínea também podem resultar em espasmos musculares.

26 DE MARÇO, DIA DO CACAU

Não se esqueça de que um simples quadrado de chocolate contribui para a sua saúde e bem-estar. O chocolate combate doenças como as cardiovasculares, previne o envelhecimento celular e estimula as defesas do organismo. O cacau é rico em vitamina B1 e ácido fólico, nutrientes indispensáveis ao organismo.

Olhe pela sua saúde e faça-lhe uma homenagem, comendo hoje um pedacinho de chocolate, mas apenas um pedacinho, pois não deve se ingerido em excesso…

A água e as desidratações

Ver imagem em tamanho real

O corpo humano é composto por cerca de sessenta por cento de água e, a sua falta pode provocar graves desidratações. Muito embora a água não alimente, visto não conter calorias, é essencial na alimentação dos seres vivos. É fundamental para que se processe a digestão e essencial para a absorção e eliminação de alguns produtos prejudiciais ao nosso organismo. É também responsável por todas as reacções químicas do nosso organismo e vital para o equilíbrio da temperatura corporal. Assim, é necessário beber água para manter e renovar os níveis. As crianças de tenra idade necessitam, mais do que os adultos, que o equilíbrio da sua temperatura corporal seja mais estável e, como tal, não podemos descurar qualquer sintoma de desitratação.

Helena Mendes e Valério Afonso – 6.º 6.ª

(Prof.ª Carla Lopes)

Ideias Saudáveis

Uma alimentação saudável é aquela que inclui alimentos de todos os tipos nas devidas proporções. Mas há outros gestos que têm influência:

  • Tomar sempre um pequeno-almoço completo;
  • Comer a intervalos regulares, de três horas ou pouco mais, de modo a evitar o jejum e o apetite desenfreado às principais refeições;
  • Comer com calma, mastigando bem os alimentos;
  • Comer apenas o necessário para ficar saciado: o excesso não é aproveitado pelo organismo, ficando armazenado sob a forma de gordura.

A importância da maçã na dieta alimentar

 A MAÇÃ NA DIETA ALIMENTAR

Esta é uma fruta que só traz benefícios à sua Saúde:

– Protege o coração, pois controla a pressão alta e o colesterol;

– Previne a anemia e garante a boa formação do sangue;

– Evita constipações;

– Melhora a capacidade respiratória ao nível dos pulmões;

– Previne a fadiga mental;

– Fortalece as articulações ósseas;

– Retarda o envelhecimento, graças às suas propriedades antioxidantes;

– Bloqueia a diarreia.

Estas são razões válidas para ingerir diariamente 2 maçãs. Não custa nada!